Foto

Januhairy: é mês de deixar os pêlos crescer. E falar sobre eles

A campanha convida mulheres a deixarem crescer os pêlos durante o mês de Janeiro e a mostrarem o resultado nas redes sociais. Para que se fale sobre o tema até o normalizar.

O desafio não é novo: convidar as mulheres a largarem as lâminas, cera ou cremes depilatórios durante (pelo menos) um mês. Encorajá-las não só a deixar crescer os pêlos do corpo, como também a mostrá-los, através da partilha de fotografias nas redes sociais. O Januhairy está de volta e quer pôr toda a gente a falar sobre pêlos — “até que se torne normal.”

Criada em 2019 por Laura Jackson, uma estudante de teatro inglesa, a campanha quer que “as mulheres se sintam confortáveis nos seus próprios corpos”, ao mesmo tempo que as convida a participar numa angariação de fundos para ajudar uma instituição de solidariedade social. Este ano, a escolhida é a TreeSisters, uma associação que se dedica à protecção e restauração de habitats naturais, bem como combate às alterações climáticas.

Para participar no desafio, basta partilhar fotografias dos pêlos nas redes sociais, colocar a hashtag #januhairy e fazer uma doação para a TreeSisters. A hashtag já conta com milhares de publicações, que mostram axilas, pernas ou virilhas por depilar; o crowdfunding angariou cerca de 100 dólares.

“Encorajamos-te a abraçar o desconforto e a descobrir conforto nele”, lê-se na página de Instagram da campanha. “Continua a abanar as normas.”

Sugerir correcção