Unsplash
Foto
Unsplash

Fotografa boas ideias para combater as alterações climáticas e ganha prémios

Prémio Reflex da Associação Cais vai distinguir fotografias de “soluções, boas ideias e acções” para combater as alterações climáticas. O vencedor recebe 1000 euros.

Promovido pela Associação Cais, o prémio de fotografia Reflex já vai na sua 13ª edição e este ano pede aos participantes que mostrem um Mundo com Futuro. Vão ser atribuídos três prémios e uma menção honrosa aos fotógrafos que melhor retratem “soluções, boas ideias e acções” para combater as alterações climáticas e proteger o meio ambiente. As candidaturas estão abertas até ao dia 31 de Janeiro.

Cartaz oficial

Podem candidatar-se todos os indivíduos com mais de 18 anos e residentes na União Europeia. As fotografias, limitadas a três por participante, terão de ser enviadas em suporte digital através do site oficial do concurso, em formato jpeg. Devem ter um mínimo de 3000 píxeis de largura ou altura, um máximo de oito megabytes de tamanho e devem ser acompanhadas do respectivo título e legenda. O regulamento completo pode ser consultado aqui.

Após a candidatura, o júri, que ainda não é conhecido, vai avaliar as obras entre 3 a 21 de Fevereiro. Depois, em Abril, na inauguração da exposição Reflex 2019, que poderá ser visitada até Maio, serão conhecidos os 30 finalistas e os três vencedores. As imagens serão também publicadas na revista Cais. 

O vencedor do primeiro prémio recebe 1000 euros, um cheque oferta para a compra de equipamento tecnológico e um destaque na secção Narrativa Fotográfica da edição de Abril da revista Cais. O segundo e o terceiro prémios têm o valor de 600 e 400 euros, respectivamente, enquanto a menção honrosa vale 300 euros. Também incluem um cheque oferta. Todas as imagens serão ainda publicadas na Cais.