Fotografia

Milhões já morreram, outros tantos ficaram sem abrigo: os animais e os incêndios na Austrália

Voluntária dos Serviços de Informação, Resgate e Educação sobre a Vida Selvagem (WIRES, na sigla inglesa) segura um canguru gravemente queimado nas patas junto às Montanhas Blue, na Austrália REUTERS
Fotogaleria
Voluntária dos Serviços de Informação, Resgate e Educação sobre a Vida Selvagem (WIRES, na sigla inglesa) segura um canguru gravemente queimado nas patas junto às Montanhas Blue, na Austrália REUTERS

Na Austrália, os incêndios das últimas semanas já provocaram 24 mortos e mais de 1300 casas ardidas. Nos últimos dias, o país tem estado a braços com uma “tempestade perfeita”: as trovoadas secas combinadas com um tempo quente e seco criaram as condições perfeitas para que as chamas voltem a devastar áreas de floresta, que afectam sobretudo a área de Nova Gales do Sul.

Os incêndios já atingiram oito milhões de hectares de florestas, uma área do tamanho da Áustria, mas não só os humanos e as suas casas estão a ser afectadas. Os especialistas estimam que o número de animais que sucumbiram, incluindo animais domésticos, já chegue aos milhões, além de centenas de milhares de animais selvagens feridos e deslocados. Só no estado de Nova Gales do Sul, a ministra do Ambiente australiana prevê que 30% da população de coalas tenha morrido nas chamas.

Segundo várias páginas da imprensa australiana, cerca de 10 mil camelos serão abatidos a partir de helicópetros nos próximos dias porque estão a invadir casas e a beber demasiada água. O problema é cada mais grave no país, principalmente na Austrália Meridional, zona que tem sido afectada por uma seca extrema. 

Este tipo de medidas não são uma novidade naquele país. Em 2013, cerca de dez mil cavalos selvagens foram abatidos por razões “humanitárias e ambientais”. Também em 2019, o Governo anunciou que pretende matar cerca de dois milhões de gatos vadios até 2020 — uma fatia significativa de uma população de gatos de rua que, estimam, está entre os dois e os seis milhões de animais. De acordo com o executivo australiano, ao contrário dos gatos domésticos, os gatos selvagens desenvolveram um instinto de sobrevivência que os torna assassinos exímios de algumas espécies animais.

Mas nem tudo são más notícias. Esta segunda-feira, 6 de Janeiro, o Animal Rescue Craft Guild declarou que foi inundado com ofertas de ajuda depois de ter pedido para que fizessem chegar peças de protecção para morcegos, bolsas para cangurus, ninhos de pássaros, luvas para coalas, entre outras. As doações a esta associação de voluntários chegaram de lugares tão distantes como Estados Unidos, Grã-Bretanha, Hong Kong, França e Alemanha.

Lê também:​

Cangurus reúnem-se num relvado de uma habitação enquanto os incêndios se alastram em Berrara Beach, Austrália
Cangurus reúnem-se num relvado de uma habitação enquanto os incêndios se alastram em Berrara Beach, Austrália REUTERS
Coala bebe água de garrafa oferecida por bombeira voluntária em Cudlee Creek, Austrália
Coala bebe água de garrafa oferecida por bombeira voluntária em Cudlee Creek, Austrália REUTERS
Voluntária dos Serviços de Informação, Resgate e Educação sobre a Vida Selvagem (WIRES, na sigla inglesa) segura um gambá gravemente queimado junto às Montanhas Blue, na Austrália
Voluntária dos Serviços de Informação, Resgate e Educação sobre a Vida Selvagem (WIRES, na sigla inglesa) segura um gambá gravemente queimado junto às Montanhas Blue, na Austrália REUTERS
Conjunto de cangurus é visto a fugir através do fumo em Nova Gales do Sul, Austrália
Conjunto de cangurus é visto a fugir através do fumo em Nova Gales do Sul, Austrália REUTERS
Seis coalas prtegem-se dentro de uma casa em Cudlee Creek, Austrália
Seis coalas prtegem-se dentro de uma casa em Cudlee Creek, Austrália REUTERS
Cão é evacuado junto com a sua família em Nova Gales do Sul, na Austrália
Cão é evacuado junto com a sua família em Nova Gales do Sul, na Austrália REUTERS
Canguru rodeado de fumo ao início da manhã em Camberra, Austrália
Canguru rodeado de fumo ao início da manhã em Camberra, Austrália REUTERS
Residente de Dignams Creek com os seus cães num centro de evacuação em Cobargo, Austrália
Residente de Dignams Creek com os seus cães num centro de evacuação em Cobargo, Austrália REUTERS
Cavalo ferido recebe medicação num centro de evacuação em Cobargo, enquanto os incêndios florestais continuam em Nova Gales do Sul, Austrália
Cavalo ferido recebe medicação num centro de evacuação em Cobargo, enquanto os incêndios florestais continuam em Nova Gales do Sul, Austrália REUTERS
Gado morto pelos incêndios é enterrado em Cobargo, Nova Gales do Sul, Austrália
Gado morto pelos incêndios é enterrado em Cobargo, Nova Gales do Sul, Austrália REUTERS
Dois burros são vistos em Cobargo durante os incêndios florestais que assolam Nova Gales do Sul, na Austrália
Dois burros são vistos em Cobargo durante os incêndios florestais que assolam Nova Gales do Sul, na Austrália REUTERS
Mãe e filho abraçam o seu cavalo, Charmer, que conseguiram resgatar dos incêndios que devastam a Austrália
Mãe e filho abraçam o seu cavalo, Charmer, que conseguiram resgatar dos incêndios que devastam a Austrália REUTERS
Canguru solitário procura abrigo em Milton, Austrália
Canguru solitário procura abrigo em Milton, Austrália REUTERS
Bolsas e cobertores para animais penduradas em estendais em Queensland, Austrália
Bolsas e cobertores para animais penduradas em estendais em Queensland, Austrália REUTERS
Animais mortos jazem numa estrada em Nova Gales do Sul, Austrália
Animais mortos jazem numa estrada em Nova Gales do Sul, Austrália REUTERS
Pássaro nativo carbonizado deu à costa numa praia em Eden, na Austrália
Pássaro nativo carbonizado deu à costa numa praia em Eden, na Austrália REUTERS
Serviços de Incêndios Rurais iniciam um plano de protecção e resgate a algumas comunidades mais isoladas na região de Sidney, na Austrália
Serviços de Incêndios Rurais iniciam um plano de protecção e resgate a algumas comunidades mais isoladas na região de Sidney, na Austrália REUTERS
Ovelhas num terreno devastado pelo fogo em Victoria, Austrália
Ovelhas num terreno devastado pelo fogo em Victoria, Austrália REUTERS
Uma pássaro nativo australiano jaz no meio de cinzas numa estrada perto de Eden, na Austrália
Uma pássaro nativo australiano jaz no meio de cinzas numa estrada perto de Eden, na Austrália
Sugerir correcção