Neste restaurante de Lisboa, quanto mais viajado é o cliente maior é o desconto

Se for ao Geographia, leve o passaporte: o desconto na refeição, em Janeiro e Fevereiro, é equivalente ao número de carimbos.

,Restaurante
Fotogaleria
Restaurante Geographia MANUEL GOMES DA COSTA
,Restaurante
Fotogaleria
Restaurante Geographia MANUEL GOMES DA COSTA
Fotogaleria
Restaurante Geographia MANUEL GOMES DA COSTA
,Gastronomia
Fotogaleria
Restaurante Geographia MANUEL GOMES DA COSTA

O nome não engana, é um restaurante com espírito de viajante. O Geographia, a dois passos do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, tem uma carta baseada nos sabores que os navegadores portugueses encontraram pelo mundo e até tem como imagem de marca a gravura, de Dürer, de um dos mais famosos rinocerontes da história, o que veio da Índia, por ordens de D. Manuel I, para ser enviado como presente ao Papa Leão X e que muito espantou o mundo de então. 

Agora, fazendo uso do seu conceito, o Geographia tem uma “recompensa para todos os amantes de viagens”, segundo anunciam em comunicado, pelo menos durante os primeiros dois meses deste ano: os clientes que levem o passaporte terão direito a desconto na refeição equivalente ao número de carimbos que este contenha. 

“A percentagem de desconto corresponde ao número total de carimbos no passaporte, ou seja, quem tiver visitado 20 países, terá 20% de desconto na refeição para duas pessoas”, resumem. 

A campanha promove também as novidades do restaurante, especializado em pratos dos países de língua portuguesa: tem “nova carta de inspiração lusófona, com pratos e ingredientes tradicionais de países como Angola, Brasil, Cabo Verde, Goa, Macau, Moçambique, São Tomé e Timor”. Bons exemplos: moqueca de peixe à moda da Guiné-Bissau, pastéis de bacalhau e mandioca com arroz malandrinho de peixe, e cheesecake de queijo de cabra e creme com goiabada e bolacha Maria. Um novo menu de degustação, “Dos quatro continentes”, permite partilhar especialidades de vários cantos do mundo, do Brasil a São Tomé ou China.