Bragança

PJ não suspeita de ódio racial no caso do jovem cabo-verdiano que morreu após agressões

Estudante agredido à saída de uma discoteca em Bragança caiu uns metros depois. Autópsia, feita na Delegação Norte do Instituto de Medicina Legal, é inconclusiva.