Menina de 12 anos morre após ter alta de urgência da CUF

Grupo privado de saúde abre inquérito interno a caso ocorrido antes do Natal na Clínica CUF Almada. Criança de 12 anos regressou a casa e no dia seguinte foi transportada de emergência para o Hospital Garcia de Orta, onde acabou por morrer.

Foto
Fernando Veludo/Nfactos

Uma menina de 12 anos morreu antes deste Natal após ter alta da urgência da Clínica CUF Almada, onde já se tinha dirigido naquela semana por causa das dores provocadas por um “jeito às costas”. Após regressar a casa, a mãe da rapariga acabaria por chamar o Instituto Nacional de Emergência Médica, que transportou a menina para o Hospital Garcia de Orta, onde morreu umas horas mais tarde. A pedido do hospital, o Ministério Público decretou a realização da autópsia, cujos resultados a família ainda aguardava no início desta semana. A CUF anunciou a abertura de um inquérito interno e retirou temporariamente das escalas a pediatra que atendeu a rapariga da última vez. Também a Procuradoria-Geral da República confirmou entretanto ao PÚBLICO, já este sábado, que abriu um inquérito-crime ao caso.