Torne-se perito

Sete ideias para sair esta semana

Entre Jardins e memórias, há cenas surreais, animadas, saborosas e espirituais. E alguma saudade.

Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Dança folclórica
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel
Fotogaleria
Jardins, do Circo de Papel Ana Maciel

VILA NOVA DE FAMALICÃO 
Circo de Jardins

De 30 de Novembro a 5 de Janeiro
Parque da Juventude

E se, num parque de Famalicão, uma estátua ganhasse vida? E um conto de Sophia de Mello Breyner Andresen se transformasse em matéria de acrobacia, malabarismo, música, teatro, dança? É o que acontece em Jardins, que cria um ambiente poético e fantástico para a história narrada por Sophia n'O Rapaz de Bronze. É levado à cena – ou melhor, à tenda – pelo Circo de Papel, um projecto do Instituto Nacional de Artes do Circo. Sediado em Famalicão, foi fundado por Bruno Machado em 2016. Mais do que uma escola, é um projecto de vida nascido da sua vontade de dar ao circo contemporâneo uma casa em Portugal. É ele quem co-encena, a meias com Janela Magalhães, estes Jardins onde cabe toda a família.
Horário: sexta, às 21h; sábado, às 10h, 15h e 21h; domingo, às 10h e 15h.
Bilhetes a 7,50€ (criança) e 10€ (adulto)

 

PÚBLICO -
Foto
Penela Presépio Câmara Municipal de Penela

PENELA
Natividade e bonança

De 30 de Novembro a 12 de Janeiro
Castelo de Penela

Depois da tempestade, que obrigou a fechar portas para sanar os danos, veio a bonança: o anúncio de que reabriria no dia de Natal e que prolongaria a estadia por mais uma semana. Falamos do Presépio Animado de Penela. Já se tornou uma tradição, mas é diferente todos os anos. Desta vez, são mais de 370 as figuras que habitam o castelo medieval, num conjunto que “ganha vida com o recurso a tecnologia e a impressões 3D”, explica a autarquia, e que resulta de cerca de dois meses de trabalho (sem contar as horas intermédias para manutenção ). Fora dos quadros religiosos, há outro tipo de animação: a dos “malabaristas, farsantes, mágicos e dançarinos” que invadem o centro histórico por estes dias.
Horário: segunda a sexta, das 10h às 18h; sábado e domingo, das 10h às 19h.
Bilhetes de 2€ a 4€; grátis para crianças até cinco anos

 

PÚBLICO -
Paula Rosa
PÚBLICO -
Nikolina Petolas
PÚBLICO -
Santiago Ribeiro
PÚBLICO -
Shahla Rosa
Fotogaleria
Paula Rosa

COIMBRA
Surrealismo a quatro 

De 21 de Novembro a 10 de Janeiro
Coimbra Business School

Coimbra recebe uma exposição que é arte da International Surrealism Now, rede fundada nesta cidade, em 2010, por Santiago Ribeiro. Apresentada como “a maior exposição mundial de arte surrealista do século XXI”, tem exibido em países como Portugal, França, Espanha ou EUA a obra, em vários suportes, de artistas de cerca de 50 nacionalidades. Em Surrealismo da Califórnia, Zagreb, Lisboa e Coimbra, podem ser vistos trabalhos de quatro artistas: além do próprio Ribeiro, da também portuguesa Paula Rosa, da croata Nikolina Petolas e da norte-americana Shala Rosa.
Horário: segunda a sexta, das 10h às 24h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
Convento da Cartuxa em 2007 Rui Gaudêncio

ÉVORA
Cenas de uma vida monástica

Fundação Eugénio de Almeida
De 26 de Outubro a 29 de Março

Para os eborenses, 2019 foi o ano da despedida de uns vizinhos especiais: os monges que, durante séculos (quase quatro no total, descontando o interregno no século XIX), habitaram o Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, mais conhecido como Convento da Cartuxa. Saíram os últimos, ficaram as Saudades dos Cartuxos. A exposição da Fundação Eugénio de Almeida, com curadoria de José Alberto Ferreira, mostra cenas da vida monástica captadas por Daniel Blaufuks, Eduardo Gageiro, Francisco Pereira Gomes, Jerónimo Heitor Coelho, José M. Rodrigues, Mark Power, Nacho Doce, Paulo Catrica e Virgílio Ferreira. Tudo para firmar, como escreve na folha de sala o arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, “uma marca que perdurará para sempre no eco desta cidade: a memória da sua sobriedade, a valorização do mistério na linguagem do silêncio, a permanente gratuitidade da sua oração e o som do seu sino, sempre fiel e anunciador da certeza de uma oração vigilante”.
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
Alabama Gospel Choir DR

LISBOA
Um gospel por 2020

Dia 8 de Janeiro
Teatro Tivoli BBVA

Uma mensagem de esperança e espiritualidade cai sempre bem na entrada para um novo ano. Se vier de vozes de especialistas, tanto melhor. O Alabama Gospel Choir vem espalhar novamente essa mensagem, num concerto que já se tornou uma tradição em Portugal e noutros pontos da Europa. Formado por cerca de 30 cantores – alguns deles premiados individualmente –, o grupo vai às raízes do gospel buscar clássicos como God is moving, I am the Lord, your God ou Thank you.
Horário: às 21h.
Bilhetes de 20€ a 35€

 

PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
PÚBLICO - Feira Gastronómica do Porco de Boticas
Feira Gastronómica do Porco de Boticas Câmara Municipal de Boticas
Fotogaleria
Câmara Municipal de Boticas

BOTICAS
Porco para mais um dia 

De 9 a 12 de Janeiro
Pavilhão Multiusos de Boticas

No segundo fim-de-semana de Janeiro, Boticas enche-se de comensais para a Feira Gastronómica do Porco. O hábito enraizou-se há 22 anos e tem atraído cerca de 70.000 visitantes por edição – tantos que, em 2020, a organização decidiu alargar a festa de três para quatro dias. Na vila barrosã, instalam-se mais de 30 bancas, recheadas de produtos da terra como enchidos ou fumeiro (mais de 40 toneladas no total). À mesa das tasquinhas, provam-se pratos à base de carne de porco (embora a vitela barrosã também faça aparições), acompanhados por néctares regionais como o típico Vinho dos Mortos. Tudo guarnecido por artesanato, actuações de músicos e ranchos folclóricos, uma feira de ofícios à moda antiga e um “chegódromo” para acolher a tradição das chegas de bois transmontanas.
Horário: quinta, das 16h às 24h; sexta e sábado, das 10h às 24h; domingo, das 10h às 22h.
Entrada livre

 

PÚBLICO - Paulo Betti em <i>Autobiografia Autorizada</i>
Paulo Betti em Autobiografia Autorizada Mauro Kuri
PÚBLICO - Paulo Betti em <i>Autobiografia Autorizada</i>
Paulo Betti em Autobiografia Autorizada Mauro Kuri
Fotogaleria
Mauro Kuri

MACEDO DE CAVALEIROS
Autorização para recordar

Dia 10 de Janeiro
Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros

Aos 67 anos, o encenador e actor de teatro, cinema e televisão Paulo Betti – que nos entrou casa adentro com personagens como o Timóteo de Tieta ou o Carlão de Pedra sobre Pedra – vem contar a história da sua vida. A infância, a família, a vida rural no interior do estado de São Paulo, o teatro de fantoches que fazia no quintal, a primeira vez que viu o mar e a mudança para a cidade grande fazem parte dos episódios que vai revisitando em palco, como quem folheia os diários da adolescência ou as crónicas que publicou mais tarde no jornal de Sorocaba Cruzeiro do Sul – as duas matérias-primas para o texto que escreveu para esta Autobiografia Autorizada. Em forma de monólogo, mas a desdobrar-se em personagens, faz uma viagem emocional e pessoal que, ao mesmo tempo, retrata o Brasil profundo, rasa a história do país e é reveladora dos seus contrastes. Depois de ter andado nos palcos brasileiros, onde foi nomeada para um prémio Shell e um Faz Diferença (d'O Globo), a peça vem a Portugal para uma extensa digressão que, tal como a vida de Betti, começa no interior.
Horário: às 21h30.
Bilhetes de 10€ a 20€

 

PÚBLICO -
Foto
As Primeiras Férias

EXTRA: Cinema
Férias sem reservas

Acabaram de se conhecer no Tinder. Pouco ou nada têm em comum. E decidem fazer férias juntos. Destino: Bulgária. O que lhes reservará esta “viagem de sonho”? Jonathan Cohen e Camille Chamoux dão vida ao casal d'As Primeiras Férias, uma comédia francesa realizada por Patrick Cassir.

Mais ideias para sair? Por aqui

Guia do Lazer: a sua agenda da espectáculos, exposições, feiras, festivais e muito mais