Jogos com História: Eusébio apresenta-se à Europa

Há seis anos, o firmamento do futebol perdeu uma das estrelas mais cintilantes: a 5 de Janeiro de 2014, Eusébio da Silva Ferreira morreu em Lisboa. Tinha 71 anos e o seu coração parou de bater. Mas as memórias do “Pantera Negra”, essas persistem. Como a daquele dia 2 de Maio de 1962, quando o Benfica se sagrou bicampeão europeu.

Eusébio em acção com a camisola do Benfica
Foto
Eusébio em acção com a camisola do Benfica DR

A 31 de Maio de 1961, em Berna, o Benfica surpreendeu o mundo do futebol com um triunfo por 3-2 sobre o Barcelona, conquistando a sua primeira Taça dos Campeões Europeus. A prova ia na sua sexta edição e, até aí, a lista de vencedores só tinha um nome: Real Madrid. Após cinco títulos, a super-equipa da capital espanhola não chegou à final, eliminada pelo grande rival Barcelona logo na primeira fase com um agregado de 4-3 no conjunto das duas mãos. Ficava desde logo assegurado que haveria um novo campeão europeu. O que ninguém esperava é que vestisse de vermelho. E também poucos teriam a noção de que, depois disso, o melhor ainda estava para vir…