São Tomé e Príncipe é um dos melhores destinos para 2020 na CNN

Quase 550 anos depois de Portugal descobrir as ilhas, a CNN aconselha os viajantes a partirem à sua descoberta. As “Galápagos africanas” estão no top 20, onde ainda se inclui outro destino de língua portuguesa, Paraty, no Brasil.

Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha
Fotogaleria
Daniel Rocha

Como manda a tradição em cada site e revista de viagens, Fugas incluída, a CNN Travel publicou a sua escolha de destinos para 2020, uma lista que viaja pelo mundo dos lagos do Chile ao Mar Morto, do Sri Lanka à Zâmbia. 

Entre os 20 destinos eleitos, encontra-se São Tome e Príncipe, por sinal, e apesar de tudo, um dos países menos visitados do mundo: 30 mil em 2018, 10 mil de Portugal – e, sublinhe-se, mesmo em Portugal só em 2013 foi lançado o primeiro guia de viagens português para o país, que no Verão passado teve direito a 3.ª edição revista e aumentada.

São Tomé e Príncipe, “nação de duas ilhas”, a que “por vezes chamam as ‘Galápagos africanas’, lê-se no site, é um “ponto-chave da biodiversidade equatorial”. Por sinal, a ilha do Príncipe foi a primeira Reserva Mundial da Biosfera declarada pela UNESCO.

O texto destaca a “riqueza” da selva e dos picos vulcânicos, a par das plantas endémicas, “incluindo centenas de espécies de orquídeas e begónias extraordinárias de três metros”, além da vida selvagem, como as tartarugas que aqui desovam. 

Lembrando que foram os portugueses a colonizar as ilhas, descobertas desabitadas no séc. XV, realça-se a “herança portuguesa” que “ainda se sente na música, cultura e costumes". “Muita da população actual é descendente de africanos escravizados, trazidos para trabalharem nas plantações da ilha”, independente desde 1975 mas, ainda e sempre, especializada em cacau e café

PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha do Príncipe, Praia do Abade
Ilha do Príncipe, Praia do Abade Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Roça São João
Ilha de São Tomé, Roça São João Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Roça Água Izé
Ilha de São Tomé, Roça Água Izé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Roça Água Izé
Ilha de São Tomé, Roça Água Izé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Roça Água Izé
Ilha de São Tomé, Roça Água Izé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Jardim Botânico do Bom Sucesso
Ilha de São Tomé, Jardim Botânico do Bom Sucesso Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Clube Santana
Ilha de São Tomé, Clube Santana Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé, Roça Água Izé
Ilha de São Tomé, Roça Água Izé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha do Príncipe, Praia do Abade
Ilha do Príncipe, Praia do Abade Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilhéu Bom Bom
Ilhéu Bom Bom Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilhéu Bom Bom
Ilhéu Bom Bom Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha do Príncipe, Praia do Abade
Ilha do Príncipe, Praia do Abade Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilhéu Bom Bom
Ilhéu Bom Bom Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilhéu Bom Bom
Ilhéu Bom Bom Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilha de São Tomé
Ilha de São Tomé Miguel Madeira
PÚBLICO - Ilhéu de Santana
Ilhéu de Santana Miguel Madeira
Fotogaleria

Sendo um território onde a pobreza Um “paraíso” amigo do ambiente e um dos “países mais estáveis de África” e, ainda assim, tão pouco visitado. Uma das razões, aponta a CNN, poderá passar por “ser um pouco difícil de alcançar”. “Mas o esforço vale a pena”, garantem, indicando voos de Lisboa, Cabo Verde, Angola, Guiné Equatorial e Gabão.

No top 20 para 2020 do canal, encontra-se ainda outro destino de língua portuguesa e em que também se guardam sinais de Portugal: Paraty, a que se junta a Ilha Grande, no Brasil. Aqui, destaca-se a classificação, este ano, como Património UNESCO, mas também a criatividade nas artes e cozinha, ou a natureza, especialmente o Parque Nacional da Serra da Bocaina ou o “refúgio prístino” que é a Ilha Grande, com praias-maravilha.

O Príncipe é na terra e no mar, mas o progresso vem da lua

A lista completa-se com a zona dos lagos do Chile, Copenhaga, Mar Morto, Dominica, Estónia, Galway (Irlanda, co-Capital Europeia da Cultura este ano), Jamaica, Quirguistão, Kyushu (Japão), Nova Caledónia, São Petersburgo, Sri Lanka, Tunísia, Ilha de Vancouver (Canadá), Washington D.C. e Wyoming (EUA), Wuppertal (Alemanha) e Zâmbia.