Montepio avança terça-feira com nome de Pedro Leitão para presidente executivo

Instituição financeira diz que recebeu “luz verde” do Banco de Portugal no dia 21 de Dezembro.

Foto
Reunião do conselho de administração da instituição financeira vai realizar-se na próxima terça-feira, 7 de Janeiro. Goncalo Dias

O Banco Montepio vai submeter o nome de Pedro Manuel Moreira Leitão para presidente da comissão executiva na reunião do conselho de administração da instituição financeira que se realizará na próxima terça-feira, dia 7 de Janeiro.

De acordo com o comunicado enviado pelo Banco Montepio à CMVM, o regulador do mercado de capitais, o Banco de Portugal concedeu no dia 21 de Dezembro “autorização para o exercício de funções de Pedro Manuel Moreira Leitão enquanto vogal executivo do conselho de administração para o mandato 2018/2021”.

Conforme escreveu o PÚBLICO na sua edição desta quinta-feira, a instituição financeira tem assistido a um vazio de poder há já quase um ano, desde que Carlos Tavares, ex-presidente da CMVM e actual presidente não executivo do Montepio, deixou de acumular este cargo com o de presidente executivo.

No passado dia 5 de Dezembro realizou-se uma assembleia geral extraordinária para aprovar o nome de Pedro Leitão para ocupar a presidência executiva do Banco Montepio, mas o ano de 2019 acabou por chegar ao fim sem que este fosse formalmente nomeado. Isto porque, conforme noticiou o PÚBLICO, verificaram-se dúvidas sobre a legalidade dessa assembleia.

Acerca dos problemas identificados nessa AG que travaram a nomeação de Pedro Leitão, õ banco liderado por Carlos Tavares (como presidente do conselho de administração) não fez qualquer esclarecimento ao PÚBLICO, apesar de questionado acerca do tema, apenas 36 horas antes de emitir o comunicado desta quinta-feira à CMVM.