Nacionalistas bascos vão apoiar investidura de Pedro Sánchez

Para que o Governo de coligação entre o PSOE e o Unidas Podemos seja viabilizado continua a ser fundamental o voto dos deputados da ERC.

,Eleições de Cortes Generales, 2019
Foto
Pedro Sánchez precisa de chegar a um acordo com os independentistas catalães EPA/NACHO GALLEGO

Os nacionalistas bascos do PNV anunciaram esta segunda-feira que vão votar a favor da investidura do socialista Pedro Sánchez como chefe do Governo, de acordo com fontes do partido citadas pela agência Efe.

O acordo que determina o voto favorável dos seis deputados do PNV durante a cerimónia de investidura do Governo espanhol – uma coligação entre o Partido Socialista (PSOE) e o Unidas Podemos – será formalizado às 13h (12h em Portugal continental).

Para que o novo Executivo seja viabilizado é necessário, no entanto, que os deputados da Esquerda Republicana Catalã (ERC) pelo menos se abstenham numa potencial segunda volta da votação da investidura – basta uma maioria relativa. PSOE e ERC estão envolvidos em difíceis negociações e não são esperadas conclusões antes do fim do ano.

Esta segunda-feira, a Advocacia-Geral do Estado, um órgão dependente do Ministério da Justiça, pediu a libertação do ex-líder da ERC, Oriol Junqueras, para que lhe seja permitido cumprir os trâmites para tomar posse como deputado europeu. O partido considerava esta decisão fundamental para dar continuidade às negociações com o PSOE.

A situação legal do dirigente independentista – condenado a 13 anos de prisão por “sedição” e desvio de dinheiro público – sofreu uma reviravolta este mês com a decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia que determinou que Junqueras deveria ter sido autorizado a tomar posse como deputado europeu em Maio.