A Japan Airlines vai oferecer 50 mil voos internos a turistas no próximo Verão

A ideia é levar os turistas estrangeiros a visitar outras regiões do Japão numa altura em que Tóquio prevê acolher milhares de pessoas para assistir aos Jogos Olímpicos de 2020.

Fotogaleria
LUSA/KIMIMASA MAYAMA
Fotogaleria
Reuters/KIM KYUNG-HOON

Ainda não foram revelados muitos pormenores sobre a campanha, que só deverá arrancar no final de Fevereiro. O certo é que a Japan Airlines vai oferecer 50 mil viagens de ida e volta em voos domésticos realizados pela companhia, com partida de Tóquio (aeroporto de Haneda) ou de Osaka (aeroportos de Itami e Kansai).

O objectivo é incentivar os turistas estrangeiros a visitar regiões menos conhecidas do país e, provavelmente, aliviar a pressão turística sobre a capital, que de 24 de Julho a 9 de Agosto acolhe os Jogos Olímpicos de Verão e, de seguida, os Paralímpicos, até 6 de Setembro.

O número de visitantes estrangeiros no Japão triplicou nos últimos cinco anos, para mais de 31 milhões de turistas em 2018, com cerca de um terço a passar por Tóquio. O governo japonês prevê que o “efeito Jogos Olímpicos” leve aos país mais 10 milhões de visitantes para além do habitual no próximo ano.

Para participar na campanha, é necessário residir fora do Japão, viajar para o país entre 1 de Julho e 30 de Setembro de 2020 e ser membro do programa de passageiro frequente da transportadora aérea (JAL Mileage Bank), sendo que os utilizadores “registados no Japão estão excluídos” da promoção.

Quando as inscrições abrirem, basta escolher o aeroporto de partida, dia, número de pessoas (máximo quatro) e período do dia disponível para a viagem. De seguida, surgirão os quatro destinos possíveis (se actualizar a página, poderão surgir outros). O local para o qual viaja só será revelado até três dias depois, caso a inscrição seja validada. De acordo com a CNN, a distribuição das viagens será feita por ordem de inscrição.

Caso concorra, tenha em atenção: existe um limite para o número de inscrições permitido por dia, assim como novas pesquisas no site, adverte a página da promoção, sem indicar valores.

Sugerir correcção