Torne-se perito

PSD impõe condições para haver “colaboração premiada”

A abertura de Rui Rio é aplaudida pelos críticos internos. Discussão vai voltar depois das directas. Margarida Balseiro Lopes e Paula Teixeira da Cruz defendem a delação premiada, mas querem que o delator seja investigado.

Maria Alves da Silva
Foto
LUSA/JOSE SENA GOULãO

O Governo prepara o recurso à colaboração premiada para combater a corrupção e o presidente do PSD não exclui a possibilidade de vir a aceitar um mecanismo desse género, mas, dada a complexidade do tema, Rui Rio diz que é preciso “muito, muito, cuidado” e “habilidade” do legislador. De qualquer modo, e ao contrário do que sucede no PS, o tema não parece causar grandes clivagens entre os sociais-democratas. Até porque na oposição interna do PSD, há quem vá muito mais longe na defesa da delação premiada do que o próprio Rio, que coloca os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos acima das questões da eficácia da acção penal.