Camilo responde a Eça por interposto Graça Moura

O autor de Os Maias escreveu uma carta a meter-se com o temido polemista de S. Miguel de Seide, mas nunca a enviou. Inconformado por Eça se ter assim furtado à demolidora resposta que decerto o esperaria, o editor José da Cruz Santos pediu ajuda...

Foto
João Abel Manta contribuiu para este volume com quatro retratos que juntam Camilo e Eça DR

Tentativa algo tardia de colmatar uma falha de comunicação, chamemos-lhe assim, o livro que a editora portuense Modo de Ler acaba de publicar com o título Camilo Castelo Branco responde cento e vinte anos depois a Eça de Queirós resultou de uma conspiração em forma, orquestrada pelo editor José da Cruz Santos com a cumplicidade de Vasco Graça Moura (1942-2014) e do pintor João Abel Manta, para não mencionar o concurso de Aquilino Ribeiro, que assina a impiedosa badana deste álbum.