Em Aveiro, o ano começa com os sabores da tradição

De 6 a 13 de Janeiro, Aveiro celebra o receituário regional e a diversidade de produtos endógenos com o festival gastronómico “Aveiro, Sabores com Tradição”. Menus entre 10 e 30 euros.

Bacalhau à Brás
Fotogaleria
ADRIANO MIRANDA
ostra
Fotogaleria
ADRIANO MIRANDA

À mesa não faltará o bacalhau, que tem na região o selo de Especialidade Tradicional Garantida, nem outros peixes de mar como o linguado, a raia, a petinga, o robalo ou a dourada. Da ria, chegam a enguia, servida em caldeirada, frita ou de escabeche, as ostras, os mexilhões e as amêijoas.

O festival “Aveiro, Sabores com Tradição” regressa a 6 de Janeiro para celebrar a “diversidade de produtos endógenos que a região proporciona”, entre propostas gastronómicas tradicionais e outras mais contemporâneas.

Uma das novidades desta edição é o “menu prova”, uma proposta para o final do dia, com degustação de dois petiscos, harmonizados com um copo de vinho ou de espumante da Bairrada (10€). Na ementa dos quatro restaurantes que oferecem esta opção (À Portuguesa, Cais da Tosca, Quatro Nós e Cais do Pescado) encontram-se, por exemplo, “fritadinha de pastéis de bacalhau, carapauzinhos, ovas de bacalhau e mexilhões em cama de açorda de coentros, gratinados com mozarella ou em vinagrete”, enumera o comunicado.

Os outros 25 restaurantes aderentes apresentam menus completos, com entrada, prato principal, sobremesa e copo de vinho da Bairrada. Os preços variam entre 15 e 30 euros. Além dos produtos e receituário tradicional, alguns menus apresentam ingredientes inovadores, “que começaram a ser explorados na região, fruto de novos nichos de mercado e de novas tendências gastronómicas”, como a flor de sal, a salicórnia, as algas ou as conservas.

Para sobremesa, há ovos-moles, claro. Mas também arroz doce, aletria, bilharacos, castanhas de ovos, leite-creme, pão-de-ló, cavacas ou bolo de Santa Joana, entre outros. E no final de cada refeição, “é oferecida a tradicional ‘bandeja de Aveiro’, composta por licor de Aveiro, abafado ou aguardente da Bairrada”.

O festival decorre de 6 a 13 de Janeiro e é uma iniciativa organizada pela autarquia local, integrada no programa de animação “Boas Festas em Aveiro”. Para o presidente da câmara municipal, Ribau Esteves, o evento tem como principal objectivo “a divulgação da gastronomia tradicional aveirense, num momento único no ano”, em que se celebra “o Natal, o Ano Novo e a festa em honra de São Gonçalinho”.