Natal

Em Belém, Jesus é esculpido a partir de oliveiras com mais de dois mil anos

Um trabalhador palestiniano carrega um cesto com cruzes feitas a partir de madeira de oliveiras, em Belém, na Cisjordânia. Reuters/RANEEN SAWAFTA
Fotogaleria
Um trabalhador palestiniano carrega um cesto com cruzes feitas a partir de madeira de oliveiras, em Belém, na Cisjordânia. Reuters/RANEEN SAWAFTA

Em Belém, na Cisjordânia, a figura de Jesus é esculpida a partir da madeira de árvores com a mesma idade que a figura cristã. Maher Canawati, responsável pela oficina The Three Arches, um negócio de família que remonta ao século XVI, diz que os modelos da sagrada família e dos reis magos podem ser feitos a partir de madeira com mais de dois mil anos — isto é, de árvores que já existiam antes dos acontecimentos relatados na Bíblia. 

As lembranças mais cobiçadas pelos peregrinos no Natal podem custar entre 2 e 70 mil dólares (cerca de 63 mil euros), dependendo do preço e da qualidade das peças. São esculpidas em mais de 100 oficinas espalhadas por Belém, cidade onde a tradição cristã situa o nascimento de Jesus.

As peças são esculpidas a partir de ramos podados entre Novembro e Dezembro e as oficinas podem incorrer em multas pesadas caso uma árvore saudável seja abatida. "Esperámos duas temporadas até termos a certeza que elas estão mortas, que não há nada verde, antes de as cortamos", garante Maher Canawati à Reuters, que acompanhou todo o processo desde o corte da madeira à venda das lembranças. "As oliveiras são sagradas para nós e tentamos o máximo possível transformar as árvores cortadas... em artefactos eternos."

Peças são esculpidas a partir de ramos podados
Peças são esculpidas a partir de ramos podados Reuters/RANEEN SAWAFTA
Peças podem custar 70 mil dólares
Peças podem custar 70 mil dólares Reuters/RANEEN SAWAFTA
Reuters/RANEEN SAWAFTA
Existem mais de 100 oficinas em Belém
Existem mais de 100 oficinas em Belém Reuters/RANEEN SAWAFTA
Reuters/RANEEN SAWAFTA
Reuters/RANEEN SAWAFTA
Reuters/RANEEN SAWAFTA
Um homem palestiniano prepara-se para cortar oliveiras perto de Ramala.
Um homem palestiniano prepara-se para cortar oliveiras perto de Ramala. Reuters/MOHAMAD TOROKMAN
As oficinas podem incorrer em multas pesadas caso uma árvore saudável seja abatidas
As oficinas podem incorrer em multas pesadas caso uma árvore saudável seja abatidas Reuters/MOHAMAD TOROKMAN
Sugerir correcção