Opinião

Os “mistérios” de 2020 entre Centeno e Trump

2020 trará dois “mistérios” para Portugal e para o mundo: o da permanência ou saída de Centeno, o mago das “contas certas”, e o da reeleição ou derrota de Trump, vencido finalmente por um sobressalto democrático contra o afundamento da democracia.

Eles não têm nada a ver um com o outro, a não ser que os seus destinos se jogam ambos no ano que vem. O primeiro poderá ser o mais importante governante português a mudar de palco em 2020 (os sinais dados pelo próprio nesse sentido vão-se acumulando, agora numa entrevista ao Expresso). E a reeleição ou não do segundo como Presidente dos Estados Unidos irá marcar decisivamente, daqui a onze meses, o futuro do mundo e de toda uma geração.