Torne-se perito

Depois do mau tempo, MAAT reabre em Março

Fortes rajadas de vento levam museu a antecipar obras que já estavam previstas e a reabrir apenas no final de Março.

Foto
Rui Gaudêncio

O Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa, vai estar encerrado até ao final de Março, revelou esta sexta-feira a Fundação EDP em comunicado. O edifício inaugurado em 2016 sofreu danos provocados pelas fortes rajadas que se fizeram sentir na quinta-feira em Lisboa, causadas pela depressão Elsa.

O museu desenhado pela britânica Amanda Levete em 2016 entrará em obras com o objectivo de repor parte de um tecto da entrada que cedeu devido ao mau tempo, mas aproveitará este encerramento para proceder também a trabalhos de manutenção. “Estava já previsto que o MAAT fecharia entre Fevereiro e Março para obras de manutenção e melhoria que são assim antecipadas. As obras previstas visavam adaptar o espaço do museu à nova programação de 2020 e 2021, realizando-se agora em simultâneo com a reparação da zona afectada pelos ventos”, escreve o comunicado, salientando as condições meteorológicas extremas que se fizeram sentir naquela zona da cidade situada à beira do Tejo.

Contactada pelo PÚBLICO, a Fundação EDP, a que pertence o MAAT, não prestou mais esclarecimentos, nomeadamente quanto ao valor dos estragos provocados pelas rajadas de vento.

A Fundação EDP manterá aberto o edifício da Central Tejo, estando a reabertura do novo edifício do MAAT prevista para 27 de Março. 

Casa da Arquitectura reabre na próxima semana

Em Matosinhos, os danos provocados pelo mau tempo na Casa da Arquitectura vão ser reparados assim que as condições meteorológicas o permitam, esclareceu ao PÚBLICO Nuno Sampaio, director do arquivo e centro expositivo. O equipamento deverá reabrir a 26 de Dezembro, tal como já tinha sido anunciado.

Segundo Nuno Sampaio, os estragos limitaram-se ao levantamento de telhas provocado pelas rajadas de vento, não afectando directamente a Casa da Arquitectura, mas os edifícios do quarteirão da Real Vinícola adjacentes ao equipamento cultural.

Fortaleza de Peniche encerrada até domingo

Entre os 23 museus e palácios da Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) não há danos que tenham afectado o funcionamento dos principais equipamentos culturais do país, disse ao PÚBLICO fonte oficial da DGPC.

Mas devido às condições meteorológicas sentidas na Fortaleza de Peniche o Museu Nacional Resistência e Liberdade esteve fechado esta sexta-feira por questões de segurança, estando previsto o seu encerramento até domingo. A Torre de Belém, em Lisboa, foi encerrada na quinta-feira e poderá voltar a sê-lo caso se agrave o estado do tempo.

Sugerir correcção