Ryanair lança voos entre o Porto e a “capital dos Alpes”

Grenoble junta-se na Primavera aos 14 destinos em França que a companhia disponibiza actualmente no Porto.

Foto
DR/L.Ravier/OTG-AM

A Ryanair anunciou uma nova rota para o Porto a partir de Abril: Grenoble, a maior cidade dos Alpes, localizada na parte francesa da cadeia montanhosa. Não faltam atractivos naturais na região e cidade, que, naturalmente, é também uma excelente e conveniente porta para duas dezenas de estâncias de esqui, boa parte delas abertas até aos primeiros dias de Maio. A pista mais perto fica a 20 minutos. 

Localizada no departamento de Isère, a cidade tem o seu aeroporto internacional (baptizado precisamente como Grenoble Alpes Isère) a cerca de 45km.

A rota Porto-Grenoble vai estrear-se com dois voos por semana a 3 de Abril e já há passagens à venda até Outubro de 2020. Uma busca no site poucos minutos antes da publicação deste artigo permitia encontrar bilhetes desde 40,99 euros por trajecto.

Para quem procura aproveitar os últimos dias de esqui alpino (ou ficará atento à espera que a rota tenha passagens disponíveis para o Inverno de 2020), eis algumas das estâncias mais célebres: Val d’ Isère (fica a cerca de 210km deste aeroporto, considerado o mais próximo), Courchevel, Tignes, Val Thorens ou Les Arcs e La Plagne (todas estas entre cerca de 180 a 200km) – podem confirmar-se facilmente outras localizações e distâncias nesta página site do aeroporto. No site oficial do turismo de Grenoble há também muitas propostas pela cidade e região, além de ideias para aproveitar as montanhas na Primavera-Verão.

Em comunicado, para “celebrar” a nova rota, a empresa anuncia ainda uma campanha em que promete voos em toda a rede europeia desde 16,99 euros por trajecto – “viagens entre Dezembro e o final de Março”, “reservas até à meia-noite de sábado (21 Dezembro)”.

Actualmente, a empresa tem 15 destinos disponíveis em França com voos directos de e para o Porto (por comparação, Lisboa tem seis listados). Na Primavera, haverá também voos entre a Invicta e La Rochelle e Lille, com bilhetes já disponíveis; por outro lado, surge listado Estrasburgo mas não estava disponível para reservas.

Sugerir correcção