Nos cria fundo de dez milhões para investimento no 5G

A empresa de telecomunicações quer apoiar projectos de inovação tecnológica suportados na quinta geração móvel, em áreas como a realidade virtual e a condução autónoma.

Foto
A Nos é presidida por Miguel Almeida Sebastiao Almeida

A operadora de telecomunicações Nos anunciou esta segunda-feira que vai lançar um fundo de investimento (Fundo Nos 5G) para investigação e desenvolvimento de soluções tecnológicas para a quinta geração de tecnologia móvel, o 5G.

Com uma dotação inicial de dez milhões, o fundo visa promover o investimento em empresas “com soluções tecnológicas baseadas ou potenciadas pela próxima geração de rede móvel, cobrindo áreas tão variadas como a realidade virtual, smart cities, condução autónoma, Internet of Things (IoT) e Big Data”, explicou a Nos.

A empresa liderada por Miguel Almeida refere que a gestão do Fundo Nos 5G ficará a cargo de uma “gestora de fundos independente e experiente na selecção e gestão de investimentos em start-ups de base tecnológica”.

Segundo a operadora controlada pelo grupo Sonae e pela empresária angolana Isabel dos Santos, o fundo está vocacionado para a comunidade de empreendedores em Portugal e para projectos tecnológicos nas primeiras fases de desenvolvimento.

O comunicado acrescenta que o novo fundo marca “a entrada da Nos” no corporate venture capital e deverá iniciar actividade ainda em 2019.

O período de investimento estimado é de cinco anos, de modo a “sustentar eficazmente o período de emergência e maturação da tecnologia 5G”, refere ainda a empresa, frisando que se trata do primeiro fundo de investimento para o 5G em Portugal.