Luís de Matos

“O que nós fazemos só é espectacular porque é mentira”

Oficialmente, só começou a contar os anos de carreira a partir da maioridade, mas o seu nome artístico nasceu quando tinha 16 anos. Foi à pressa, mas ficou até hoje. Há 31 anos que Luís de Matos vive da magia e procura contaminar o público com a sua arte.

Na zona industrial de Ansião, procuramos a Rua Preta e o número 33. O portão é negro, o que combina com a imagem de marca do seu proprietário, e quando se abre há uma cadela pastor-alemão que nos saúda e nos persegue pelo parque de estacionamento, onde há um espaço marcado no chão para um helicóptero pousar. Na sala de entrada, há relógios que marcam as horas em diferentes partes do mundo — Los Angeles, Nova Iorque, Londres, Ansião, Madrid, Maputo e Tóquio —, assim como uma longa parede onde quadros enfileirados revelam o que dizem os jornais e as revistas sobre o mágico Luís de Matos.