20 dias que marcaram a década

Até onde irá a revolução do Papa Francisco?

Pôs a Igreja a discutir a homossexualidade, o aborto, o fim do celibato, a ordenação de mulheres, criticou o carreirismo eclesial, a “economia que mata”, forçou o clero a encarar os abusos sexuais. Ao fim de oito anos de pontificado, porém, o Papa Francisco não mexeu na doutrina da Igreja. Será agora? Este é o quarto trabalho da série 20 Dias Que Marcaram a Década.