Rui Gaudêncio
Entrevista

Slow J: You Are Forgiven significa ‘Tu já nasceste com o perdão’. É uma ideia de liberdade”

Lágrimas, uma das mais belas canções de You Are Forgiven, acaba de receber um videoclip empenhado em fazer luz sobre um assunto que, muito pessoal para o músico de Setúbal, ainda é tabu.

You Are Forgiven, segundo álbum de João Coelho, confirmou que a aclamação que o álbum de estreia lhe granjeara não foi fruto do acaso. Ao contrário do que sucedeu nessa estreia, o novo disco, editado em Setembro, surgiu de surpresa, sem os anúncios e manobras de sedução habituais. Hoje, é lançado o videoclip de Lágrimas — canção que o músico afirma ser o eixo de todo o disco —, em cujas imagens (um casal de bailarinos numa coreografia de fraternidade) se metaforizam os versos de uma outra canção do álbum, Mea Culpa: “Eu chorei o morto / Hoje quem me dera / Que a espontaneidade fosse escolha dela / Agora isso tudo é passado / Não guardo p’ra mim / São dores que viraram cores no nosso jardim”. Palavras, até agora na sombra, que Slow J aborda publicamente, pela primeira vez, em entrevista ao ípsilon.