Bancos podem cobrar juros negativos ao instituto que gere a dívida pública

Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social escapa, mas outras entidades nacionais, como instituições de pagamentos, podem ter de pagar comissão sobre os depósitos.

Foto
Carlos Costa, governador do Banco de Portugal LUSA/MIGUEL A. LOPES

Há entidades públicas que podem ter de pagar para ter dinheiro depositado nos bancos. É o caso do instituto que gere a dívida pública, o IGCP – Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública, que, segundo um esclarecimento do Banco de Portugal (BdP) enviado nesta quinta-feira ao PÚBLICO, é equiparado a uma instituição de crédito, podendo ficar abrangido pela nova comissão que os bancos estão a aplicar a grandes clientes institucionais e que na prática funciona como uma taxa negativa sobre os depósitos.