Portugal ganha oito milhões de euros em bolsas europeias de investigação

Quatro cientistas em Portugal venceram uma bolsa de consolidação do Conselho Europeu de Investigação. Projectos abrangem as áreas dos novos materiais, neurociências e ecologia.

Foto
Daniel Rocha

O Conselho Europeu de Investigação (ERC, na sigla em inglês) anunciou esta terça-feira os vencedores de mais uma edição das bolsas de consolidação, atribuídas a investigadores a meio da carreira, ou seja, que tenham entre sete a 12 anos de experiência, após completarem o doutoramento. Em Portugal, quatro investigadores recebem dois milhões de euros cada um para continuarem a desenvolver os seus projectos que vão desde o que se passa no nosso cérebro quando andamos até ao estudo da cooperação entre os animais, passando por novos métodos para medir a temperatura de um tumor ou inovadoras estratégias de captação de CO2.