Henrik Stenson regressa às vitórias nas Bahamas

Foi no Hero World Challenge, no seu primeiro triunfo desde 2017

Foto

O Hero World Challenge contou com 11 dos 12 membros da selecção dos EUA que na semana que vem defronta o International Team na Presidents Cup na Austrália, mas foram europeus os dois primeiros classificados no Albany Golf Club, em New Providence Bahamas. 

Henrik Stenson foi o melhor entre os únicos 18 participantes, conseguindo a sua primeira vitória vitórias desde o Windham Championship em Setembro de 2017, e o espanhol Jon Rahm fez uma digna defesa do título sendo segundo à distância mínima: o escandinavo somou 270 pancadas (69-67-68-66), 18 abaixo do Par 72, contra as 271 (70-66-69-66) do seu mais próximo adversário. 

E ainda houve mais um europeu no top-5, o inglês Justin Rose, em 5.º, com 275 (69-70-71-65), empatado Justin Thomas (69-69-67-70). Os melhores americanos foram Patrick Reed, em 3.º, com 272 (66-66-74-66), e Tiger Woods, em 4.º, com 274 (72-66-67-69). 

“Foi uma época muito mediana, mas que acabou em alta”, disse Stenson, de 43 anos, o terceiro não-americano consecutivo a vencer esta prova cujo anfitrião é Tiger Woods – antes do sueco e de Rahm, o japonês Hideki Matsuyama havia vencido em 2017. 

O único dos 12 americanos para a Presidents Cup que não esteve em competição nas Bahamas foi Dustin Johnson, para salvaguardar o seu joelho esquerdo, alvo de recente cirurgia. 

De resto, além de Reed, Thomas, e Tiger Woods, que será capitão-jogador no duelo frente à Equipa Internacional, estiveram em acção Gary Woodland (7.º), Rickie Fowler (9.º), Tony Finau, Xander Schauffele e Webb Simpson, nos 10.ºs, Matt Kuchar (14.º), Bryson DeChambeau (15.º) e Patrick Cantlay (17.º).

Veja mais em www.golftattoo.com