Ilustração

Desta vez, a Uivo pensa (e representa) território

Fotogaleria

Como pode a ilustração pensar e representar um território? E como pode um território apropriar-se da ideia de ilustração? Trinta e dois artistas portugueses e estrangeiros tentam responder a estas questões na 9.ª edição da mostra de ilustração Uivo, que pode ser visitada até 23 de Fevereiro no Fórum da Maia. 

"O território toma aqui um sentido lato, de círculo alargado, que se revela, apresenta e faz representar através de um pensamento-mapeamento", escreve a Câmara Municipal da Maia, num comunicado enviado ao P3. Para o ilustrar estão trabalhos de autores como Catarina Sobral, Clara Não, Ana Aragão, Joana EstrelaVasco Mourão, Júlio Dolbeth, Federico Babina, Cláudia Salgueiro, entre outros. "Sem equívoco, apresentam-se trabalhos que dialogam entre ilustração e desenho, ilustração e multimédia, ilustração e arquitectura (...)." E, pelo meio, assinalam-se os 500 anos do Foral da Maia.

Para além da mostra, a nona Uivo terá uma talk de encerramento, agendada para 21 de Fevereiro, mês em que decorre também a Uivinho — Mostra de Ilustração Infantil da Maia. E, claro, um programa educativo com workshops para todos os públicos e visitas-oficina. 

Ana Aragão
Andrés Sandoval
Cláudia Salgueiro
Federico Babina
Federico Babina
Daniel Moreira
José Miguel Cardoso
Clara Não
Rui Vitorino Santos
Rui Vitorino Santos
Vasco Mourão
Luís Cepa