Bruno Lage já tem Seferovic para “jogo muito difícil” com o Boavista

Os boavisteiros têm apenas uma derrota no Bessa esta temporada.

Bruno Lage
Foto
Bruno Lage LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O treinador do Benfica, Bruno Lage, disse nesta quinta-feira esperar um “jogo muito difícil” frente ao Boavista, na abertura da 13.ª jornada da I Liga de futebol, para a qual o suíço Seferovic está “pronto para avançar”.

Para o técnico “encarnado”, é fundamental o Benfica ser “consistente ao longo dos 90 minutos” do encontro de sexta-feira e ser superior nos confrontos individuais defensivos, para ter mais posse de bola e poder criar oportunidades de golo.

“É crucial termos a capacidade de vencer os duelos, quer pelo chão, quer pelo ar. Esse é um passo determinante. Quando estivermos a defender recuperarmos a bola e quando a recuperarmos sermos agressivos, tentando procurar espaços”, disse hoje Bruno Lage, num hotel da Serra da Estrela, em conferência de imprensa.

O treinador do Benfica frisou que, independentemente “dos riscos que as equipas possam trazer”, a forma de o grupo trabalhar “é muito idêntica”, tendo Bruno Lage como preocupação “preparar a estratégia da melhor maneira e escolher o melhor “onze"”.

Benfica tenta 10.ª vitória seguida na I Liga

O técnico das “águias” qualificou a formação orientada por Lito Vidigal de “uma equipa forte, aguerrida, determinada”, que exerce “uma forte pressão sobre a equipa adversária, aproveita muito bem os momentos de transição e é sempre muito forte a atacar a profundidade”.

Os “axadrezados” ainda só perderam uma vez em casa, enquanto o Benfica soma apenas uma derrota no campeonato, tem a melhor defesa, o melhor ataque e procura a 10.ª vitória consecutiva na I Liga.

Questionado sobre as baixas no Boavista, Bruno Lage afirmou não acreditar que o adversário se apresente fragilizado, por entender ter “um plantel muito equilibrado": “Esses jogadores não vão estar disponíveis, vão estar outros, motivados”, perspectivou.

Depois de quatro jogos ausente, o avançado Haris Seferovic treinou na quarta-feira com o restante plantel, na Covilhã, e está disponível.

“É um jogador com uma vontade enorme de estar presente em todos os momentos e está pronto para avançar”, informou Bruno Lage.

André Almeida, David Tavares e Rafa, entregues ao departamento médico, e Fejsa, dispensado por motivos pessoais, são os jogadores ausentes.

Depois de quatro dias concentrados numa unidade hoteleira da Serra da Estrela, onde a equipa se manteve em estágio, após ter jogado na terça-feira com o Sporting da Covilhã (1-1), na segunda jornada do Grupo B da Taça da Liga, a comitiva benfiquista segue hoje viagem para o Porto.

O Benfica, primeiro classificado da I Liga, com 33 pontos, mais dois que o FC Porto, defronta na sexta-feira, às 20h30, no Estádio do Bessa, o Boavista, em quinto lugar na tabela, com 18 pontos.

Com um calendário preenchido, os “encarnados” voltam a jogar na terça-feira, em casa, com o Zenit São Petersburgo, para a Liga dos Campeões, num encontro decisivo, da última jornada da Grupo G.

Sugerir correcção