PS deixa cair eleição directa dos presidentes das áreas metropolitanas

Avança a desconcentração de poderes para as CCDR e a eleição indirecta dos seus presidentes. A oposição de Marcelo e de autarcas matou eleição directa dos presidentes das áreas metropolitanas.

Para evitar uma guerra com Marcelo, Costa deixou cair a eleição directa dos presidentes das Áreas Metropolitanas
Foto
Para evitar uma guerra com Marcelo, Costa deixou cair a eleição directa dos presidentes das Áreas Metropolitanas Nuno Ferreira Santos

Oficialmente, está adiada para o fim da legislatura, mas o núcleo duro da direcção do PS já decidiu deixar cair a ideia de aprovar na Assembleia da República uma lei que permita a eleição directa dos presidentes das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, soube o PÚBLICO.