Fisco compensa contribuintes interpelados sem razão na operação stop de Maio

Autoridade fiscal fez “reflexão” sobre acção em Valongo e afasta processos disciplinares na Direcção de Finanças do Porto.

Fiscus
Foto
A acção realizada a 28 de Maio à beira da rotunda de Alfena, em Valongo, foi cancelada no próprio dia LUSA/ESTELA SILVA

Ao ver que alguns contribuintes (23) foram interpelados pelo fisco sem razão durante a operação stop lançada em Maio para cobrar dívidas e penhorar carros em Valongo, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, determinou à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) que reparasse os “direitos dos contribuintes interceptados que não reuniam as condições de penhora”.