Ala menos radical mantém liderança do AfD

Os quase 570 delegados ao congresso do partido de direita radical alemã escolheram Jörg Meuthen e Tino Chrupalla para a dupla liderança da formação. A eleição de Chrupalla é vista como tentativa de fazer a ponte entre os menos e os mais radicais.

Foto
Os dois novos líderes da Alternativa para a Alemanha: Jörg Metthuen (à esquerda) e Tino Chrupalla (à direita) Reuters/FABIAN BIMMER

A Alternativa para a Alemanha (AfD) quer ser governo e não tem dúvidas de que mais tarde ou mais cedo os democratas-cristãos (CDU) serão obrigados a coligarem-se com ela. Os quase 570 delegados do congresso do partido de direita radical escolheram neste sábado a nova liderança, apostando no deputado federal Tino Chrupalla e no porta-voz Jörg Meuthen. Em causa está também a estratégia a seguir: manter o rumo actual ou virar ainda mais para a direita.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários