KIDS FOR PLANET RIGHTS

O Planeta tem direitos? Perguntem às crianças

Crianças de diferentes nacionalidades europeias apresentam, no Parlamento Europeu, a Declaração Europeia dos Direitos do Planeta e dos Seres Vivos

Foto

Dia 27 de novembro, 310 crianças com idades compreendidas entre 10 e 16 anos, de dez países europeus, entre os quais Portugal, apresentaram, em Estrasburgo, a Declaração Europeia dos Direitos do Planeta. Durante vários meses, desenvolveram um trabalho coordenado sobre questões ambientais e direitos humanos, sob orientação de uma equipa de 27 professores. Desse empenho resultou a redação deste texto único que apela à responsabilidade de todos para a preservação da Terra como bem comum.

Face à inegável degradação da biodiversidade, dos oceanos, do solo, do ar e do clima, as crianças envolvidas no projeto Kids for planet rights realçam a urgência de humanos, outros seres vivos e planeta Terra coabitarem em harmonia, pois fazem parte do mesmo ecossistema – reconhecer direitos à Terra é aceitar que a humanidade tem deveres para com ela. O próximo passo é chegar ao maior número de instituições nacionais e internacionais e conseguir que a Declaração dos Direitos do Planeta seja ratificada pelos diferentes Estados.

A Declaração dos Direitos da Planeta e dos Seres Vivos desdobra-se em 18 artigos que pode consultar aqui.

Sugerir correcção