,Elton John por Terry O'Neill: O retrato definitivo, com imagens invisíveis
DR

E se Elton John fosse, afinal, um de nós

Eu, Elton John, a autobiografia do autor de Your song, é a história de uma vida e, em especial, da década de todos os excessos. Fomos a Londres ouvir Elton John apresentá-la.

Há milhares como eu por aí em pequenas bandas — tem que haver. Tudo o que precisava, inicialmente, era do encorajamento”, dizia Elton John em 1973 à Beat Instrumental. Haveria certamente milhares como ele, ou seja, miúdos a crescer no ambiente depressivo do pós-Guerra que ouviram Elvis Presley, que viram fotos de Elvis, e que descobriram ali uma nova luz, excitante. Haveria certamente muitos como ele, pianistas adolescentes dos subúrbios que estudavam Bach ou Chopin mas que, na verdade, queriam era saltar sobre o piano como Little Richard e praticar selvajarias no instrumento como Jerry Lee Lewis.