Ilustração

Ana Aragão expõe uma “Lisboa imaginária”

Ana Aragão
Fotogaleria
Ana Aragão

É conhecida por pensar exposições que incluem ilustrações sobre a cidade onde vai expor e esta não é excepção. Sob o título S.M.L.LX (Sobre o Mito de Lisboa — e não só), Ana Aragão apresenta ilustrações sobre a capital e é “uma referência irónica sobre mitos”. Na mostra inaugurada esta terça-feira, 26 de Novembro, pelas 18 horas, apresenta uma visão de “vários futuros paralelos sobre Lisboa, que são imaginários”, na Sociedade Nacional de Belas Artes.

Com ilustrações compostas só de edifícios, evidenciando a ligação à arquitectura, a exposição divide-se em três momentos distintos acompanhados por textos dos arquitectos Nuno Grande e Jorge Figueira e do geógrafo Álvaro Domingues, que partilham “as suas visões dos três momentos em que se divide a mostra”.

O primeiro momento é uma trilogia de Lisboa, o segundo é uma parede com sete trabalhos desenvolvidos para comemorar os 25 anos do Centro Cultural de Belém – comemorados em 2017 –  e o terceiro é “uma exaustiva e distópica reinterpretação da visão renascentista de Bruegel”, com a reprodução da Torre de Babel

Ana Aragão é arquitecta há dez anos e ilustradora há sete. É natural do Porto e, depois de várias exposições, foi agora convidada pela Sociedade Nacional de Belas ArtesS.M.L.LX  tem entrada gratuita e pode ser visitada até 4 de Janeiro.

Ana Aragão
Ana Aragão
Ana Aragão
Ana Aragão
Ana Aragão
Ana Aragão
João Canto
Sugerir correcção