Médio Oriente

Mundo árabe: a revolta de quem não tem nada a perder

As ruas argelinas, iraquianas, libanesas e iranianas foram ocupadas por manifestantes que acusam os seus regimes de serem corruptos, ineptos e sectários. Exigem melhores condições de vida e o fim da corrupção e sectarismo. A repressão e as jogadas do poder não os estão a travar.