Paulo Portas será o novo curador da Fundação Champalimaud

Ex-líder do CDS passa a fazer parte do Conselho de Curadores juntamente com a Rainha Sofia de Espanha, Aníbal Cavaco Silva e Fernando Henrique Cardoso.

Foto
Paulo Portas Daniel Rocha

Paulo Portas será o novo curador da Fundação Champalimaud, avança o jornal Expresso. O ex-líder do CDS integrará o Conselho de Curadores, órgão de consulta da Fundação a cargo de Leonor Beleza.

“O Conselho de Curadores estabelece a orientação e acompanha o desenvolvimento das actividades da Fundação. Os seus membros são oriundos de diferentes meios culturais e profissionais e todos eles são reputados nas suas áreas pelo empenho que dedicam à melhoria das condições de vida das pessoas”, lê-se na página da Fundação. Deste órgão fazem também parte nomes como Daniel Proença de Carvalho, Aníbal Cavaco Silva e Fernando Henrique Cardoso.

De acordo com o mesmo jornal, a decisão foi anunciada no encontro desta segunda-feira que contou, pela primeira vez, com a participação da Rainha Sofia de Espanha enquanto curadora.

Na mesma reunião, foi anunciado que a Fundação Champalimaud, juntamente com o casal franco-espanhol Mauricio e Charlotte Botton, criou um prémio de um milhão de euros — o maior prémio do mundo na área —,para reconhecer “trabalhos de investigação básica e clínica inovadores e com grande impacto no controlo e cura do cancro”.