Opinião

Especialistas no SNS: retenção ou motivação?

Nas reações ouvidas por aqui falou-se de “autocracia”, “ilegitimidade”, “erro elementar”. Não quero ser desmancha prazeres mas, provavelmente, é só uma ideia razoável.

A propósito do plano de retenção de jovens médicos, a Ministra da Saúde, Marta Temido, foi criticada pela Ordem dos Médicos, pelos estudantes de medicina e por responsáveis do sector privado. Mas será esta proposta tão bizarra, a ponto de merecer a crítica quase unânime de quem sobre ela se pronunciou? Parece-me que a discussão mistura vários ingredientes num cocktail que não ajuda à reflexão ponderada. Se há algo de que o SNS precisa neste momento é de ponderação. Vamos, então, por partes.