Dívidas em atraso dos hospitais perto dos 700 milhões de euros

Pagamentos em atraso atingiram em Setembro o valor mais alto registado desde o início deste ano. No segundo trimestre deste ano apenas 20% das 45 unidades tiveram prazos médios de pagamento abaixo dos 90 dias.

Foto
Pagamentos em atraso representam 40,5% do total das dívidas dos hospitais a fornecedores LUSA/MÁRIO CRUZ

Os pagamentos em atraso dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) atingiram em Setembro o valor mais alto registado desde o início deste ano. Segundo dados do Portal do SNS, as dívidas com mais de 90 dias ascenderam a 651,6 milhões de euros. Um valor que representa 40,5% do total das dívidas dos hospitais a fornecedores.