Marie Kondo já nos arrumou a casa. Agora quer enchê-la de tralha

A guru das arrumações lançou uma loja online com os seus objectos preferidos, capazes de despertar “uma faísca de alegria”. Que KonMari é este?

Marie Kondo
Foto
Kondo é protagonista de uma série da Netflix: "A Magia da Arrumação" Lucas Jackson/Reuters

Objectos para fazer pessoas felizes. É isso que Marie Kondo, que se tornou famosa no mundo inteiro pelas suas técnicas de arrumação e organização, pretende vender na sua recém-lançada loja online.

O espaço está dividido entre objectos de decoração e vida, de organização, para a mesa e para receber em casa, para a cozinha, para a casa de banho (Marie Kondo chama-lhes essenciais) e itens relacionados com aromaterapia. Além de tudo isto, é ainda possível comprar os seus livros.

A iniciativa, porém, acabou por fazer ricochete nas redes sociais. Afinal, não caiu muito bem ter uma assumida minimalista — que tem explorado esta corrente que defende que quanto menos coisas se possui mais fácil o dia-a-dia se torna — a fomentar o consumismo. E a ironia não tardou: “Ainda bem que destralhei a minha casa ao estilo Marie Kondo, porque agora posso tirar proveito da sua loja online e enchê-la com coisas necessárias, como diapasões sintonizadores de chacras e pincéis de computador”, comentava um utilizador no Twitter.

E é verdade: há mesmo um diapasão à venda que promete alinhar chacras, que a própria diz usar sempre que tem de se dirigir a muita gente. Custa 50 dólares (45,22 euros), mas pode ser encomendado em conjunto com um cristal (quartzo transparente, quartzo rosa e quartzo fumê), o que inflaciona o seu valor para 75 dólares (67,84 euros).

Além daqueles, que surgem na secção de decoração e vida, há pequenos vasos (desde 40 euros), pratos de servir (entre 47 e 86 euros), travessas (até 200 euros), os tais pincéis para computador (32 euros), recipiente para guardar chá (180 euros), chinelos de quarto em pele (186 euros).

Justiça lhe seja feita, porém: Kondo sempre disse que se devem manter objectos quando estes produzem em nós “uma faísca de alegria”; e é precisamente isso que alega neste rol de peças à venda.

Minimalista, mas alegre

Marie Kondo, de 35 anos, nasceu em Tóquio, mas vive actualmente em Los Angeles, na soalheira Califórnia. Desde cedo manifestou ser uma pessoa extremamente organizada, tendo fundado a sua empresa de consultoria em organização pessoal quando tinha apenas 19 anos.

Entretanto, escreveu quatro livros sobre organização pessoal, que venderam milhões de cópias e foram traduzidos do japonês para mais de 40 idiomas — em Portugal, estão traduzidos Alegria! e Arrume a Sua Casa, Arrume a Sua Vida (ed. Pergaminho). Ambos baseiam-se no seu método de organização KonMari, que consiste em reunir todos os pertences, uma categoria de cada vez, e manter apenas as coisas que possam “despertar alegria”.

Desde o início de 2019, Kondo é ainda protagonista de uma série da Netflix: A Magia da Arrumação, que se estreou no primeiro dia do ano. Entretanto, anunciou novo livro, Joy at Work, e estreou-se na literatura infantil — em que ensina as crianças a serem, obviamente, arrumadinhas.