Portugal leva 11 nadadores aos Europeus de piscina curta

O objectivo assumido pelo director técnico é a presença em cinco finais, em Glasgow, e a obtenção de recordes pessoais e nacionais.

Foto
DR

A Federação Portuguesa de Natação (FPN) anunciou nesta sexta-feira a selecção para os Europeus de piscina curta, que arrancam a 4 de Dezembro, em Glasgow, na Escócia, assumindo como objectivo para a competição a presença em cinco finais.

Para atacar essa meta, foram escolhidos 11 nadadores, nas diferentes especialidades. No sector feminino, competirão Ana Monteiro (100m e 200m mariposa), Diana Durães (200m, 400m e 800m livres), Raquel  Pereira (100m e 200m livres, 100m e 200m estilos), Tamila Holub (400m e 800m livres), Victoria Kaminskaya (100m e 200m bruços, 200m estilos). No sector masculino, nadarão Alexandre Amorim (50m e 100m bruços), Alexis Santos (100m e 200m estilos), Diogo Carvalho (200m mariposa, 100m e 200m estilos), Francisco Quintas (50m, 100m e 200m bruços), José Paulo Lopes (400m e 1500m livres, 200m e 400m estilos) e Miguel Nascimento (50m, 100m e 200m livres).

O Campeonato da Europa, que decorre no centro internacional de natação Tollcross, em Glasgow, até 8 de Dezembro, é considerado pelo director técnico nacional, José Machado, como o segundo momento competitivo mais importante para os nadadores portugueses integrados na preparação olímpica. 

“Entendemos que é possível, em Glasgow, a presença de nadadores portugueses em cinco finais, com 10 presenças nos 16 primeiros. O objectivo, transversal a todas as participações portuguesas em grandes competições internacionais, passa sempre pela obtenção de recordes pessoais e nacionais para todos os integrantes da selecção”, assume o dirigente. 

Ausentes da prova estarão Gabriel Lopes e Tomás Veloso, a recuperarem de lesões, e João Vital, que irá tentar alcançar os mínimos para os Jogos Olímpicos de Tóquio na Swim Cup Amesterdão, de 13 a 15 de Dezembro. Lusa