Fecho da urgência pediátrica nocturna no Garcia de Orta é temporário, promete ministra da Saúde

Marta Temido assegurou que continua a procurar pediatras interessados em trabalhar no hospital, admitindo que a contratação de mais dois especialistas ainda não é suficiente. Os autarcas de Almada e Seixal pedem “resoluções” rápidas para o problema.

 A ministra da Saúde assegurou esta segunda-feira que o encerramento à noite da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, é temporário e que tentará que a situação “dure o menos tempo possível”. “A posição do Hospital Garcia de Orta, sendo um hospital de tampão para a península de Setúbal, é um hospital que tem de ter a urgência nocturna aberta”, afirmou Marta Temido no âmbito de uma visita ao centro de saúde Rainha Dona Leonor, em Almada, que está aberto até mais tarde para tentar suprir a falta da urgência pediátrica hospitalar.