Pedro Galvão. Que deveres temos, de facto, em relação aos animais?

O convidado desta semana no programa 45 Graus, conduzido por José Maria Pimentel, é o filósofo Pedro Galvão, professor na Universidade de Lisboa, que faz investigação principalmente na área da Ética (também conhecida por filosofia moral).

Na primeira metade da conversa, fala-se sobre ética filosófica no geral, começando por abordar os vários campos da Filosofia, o lugar da ética nessa taxonomia e algumas das principais correntes e pontos de disputa entre quem pensa estas questões. Fala-se da distinção clássica, mas ainda relevante, entre as perspectivas utilitarista e deontológica, da discussão sobre se o certo e o errado são factos objectivos ou apenas conceitos relativos (com implicações práticas óbvias na política, por exemplo) e se existe ou não progresso moral. 

Numa segunda parte, passa-se à ética aplicada: os direitos dos animais, um campo que tem vindo a ganhar cada vez mais protagonismo. Nas últimas décadas, muitos filósofos morais (em particular Peter Singer, o mais mediático de todos) têm argumentado que é necessário alargar as fronteiras da ética para incluir não só os nossos deveres para com outros seres humanos, mas também em relação aos animais, em particular os animais sencientes, isto é, os animais que sentem de forma consciente. 

Os pontos em contenda são mais que muitos: será que temos, de facto, deveres em relação aos animais? Se sim, que deveres? E isso implica que os animais têm direitos? Pedro Galvão entende que temos deveres para com os animais, mas considera que não se pode dizer que tenham direitos. E as implicações práticas? O que devemos permitir, por exemplo, na indústria alimentar, na utilização de animais para experiências científicas ou ainda nas touradas? A ética dos animais também nos força a diálogos internos difíceis. Em alguns casos, parece existir duas tendências de sentido contrário: tratar-se os animais domésticos quase como filhos, enquanto se continua a comprar e comer carne de produção intensiva, fechando os olhos ao modo como muitos destes animais (também sencientes) são criados.

Subscreva o programa 45 Graus no iTunes, Spotify ou nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.