O Festival do Cogumelo tem terra fértil no Fundão

Alcaide, a aldeia dos cogumelos, vive um fim-de-semana saboroso: é o Míscaros, uma festa de tasquinhas e muita animação. E inclui passeios em busca dos cogumelos mais desejados. De 15 a 17 de Novembro.

Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar
Fotogaleria
Festival Míscaros em Alcaide Helena Colaço Salazar

No Fundão, a aldeia do Alcaide volta a celebrar o património fúngico da região com mais uma edição do Míscaros - Festival do Cogumelo. Em terra fértil, juntam-se apreciadores, colectores e curiosos para uma jornada que é acima de tudo uma festa popular, com tasquinhas e animação diária a condizer. Não é em vão que lhe chamam a aldeia dos cogumelos.

De 15 a 17 de Novembro, o programa inclui experiências para todos os gostos: por aqui, também se aprende a colher, cozinhar e comer os míscaros, com a ajuda de chefs como Flávio Silva, Joe Best, Tony Martin ou Eduardo Martins.

Para quem gosta da experiência completa, há caminhadas e passeios micológicos, de cesta na mão, pelas encostas da serra da Gardunha (dia 17, informações e inscrições em [email protected] e T. 965705559).

No programa do último dia está ainda o ponto alto do convívio: o habitual mega almoço, com parte das receitas a reverterem para uma causa solidária.

Organizado pela autarquia do Fundão, junta de freguesia e Liga dos Amigos do Alcaide, o festival dedica-se a explorar “o forte património fúngico do país com mais de 300 espécies”, resume a organização, acrescentando, naturalmente, que aqui se “destacam os míscaros que nascem nas encostas da serra da Gardunha”.

Cinco conselhos para apanhar cogumelos silvestres

Detalhe importante: “a segurança será um ponto primordial no Festival Míscaros, existindo um controlo de qualidade e segurança alimentar realizada por uma entidade externa certificada, dando garantias da qualidade dos produtos servidos a todos os visitantes deste certame”.

Além do mundo dos cogumelos, o Míscaros tem mais ambições, pretendendo também “evidenciar o património paisagístico, cultural e ambiental da Aldeia de Montanha do Alcaide e de toda a serra da Gardunha”.