Subida do salário mínimo promulgada pelo Presidente da República

Aumento para 635 euros a partir de 1 de Janeiro de 2020 tinha sido aprovado ontem em Conselho de Ministros

Foto
LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS

O Presidente da República promulgou esta sexta-feira, 15 de Novembro, o aumento salário mínimo nacional dos actuais 600 euros para 635 euros em 2020, “esperando que possa ser assegurado um crescimento da economia portuguesa, que permita actualizações cada vez mais significativas dos rendimentos”.

A promulgação do diploma do Governo, aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros, foi divulgada através de uma nota no portal da Presidência da República na Internet.

“Esperando que possa ser assegurado um crescimento da economia portuguesa, que permita actualizações cada vez mais significativas dos rendimentos dos portugueses, nomeadamente dos que ainda auferem o Salário Mínimo Nacional, o Presidente da República promulgou o diploma do Governo que actualiza o valor da retribuição mínima mensal garantida para 2020”, lê-se na nota.

Cerca de duas horas antes, o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, tinha anunciado aos jornalistas que iria promulgar ainda hoje o diploma do Governo que aumenta de 600 para 635 euros o salário mínimo nacional, por considerar que, “no contexto existente, é uma solução razoável, a pensar na economia e na sociedade portuguesa”.

Sugerir correcção