Ípsilon

Património

Alemanha restitui à Grécia a taça de vinho do vencedor da primeira maratona olímpica

Depois de vencer a mítica prova em 1896, Spyros Louis foi agraciado com uma taça de vinho do século VI a.C. Quatro décadas depois, a relíquia estava nas mãos de um professor universitário alemão, nazi fervoroso. Esta quarta-feira, a longa viagem da taça conheceu novo e, provavelmente derradeiro, capítulo, com a sua restituição a Atenas