Crónica

A imperdoável Vitalina

Vitalina Varela, o filme de Pedro Costa, tem a força grandiosa de elevar a personagem com esse nome à condição de paradigma. Vitalina salta do ecrã e prolonga-se no nosso mundo, como uma sobrevivência dotada de uma existência espectral, na medida em que traz consigo, para nos assombrar, uma problemática histórica e cultural, uma zona obscura de conhecimento e uma densidade de afecções que não são facilmente nomeáveis.