Open World Awards: eis os melhores bloggers de viagens de Portugal

Concurso da Momondo premeia sete viajantes entre as mais de 500 candidaturas recebidas nesta 3.ª edição. Alma de Viajante, Gang do Pé Preto, Viajar entre Viagens e Follow the Sun são os grandes vencedores.

Foto
O projecto de Isabel Saldanha conquistou o prémio Open World DR/Gang do Pé Preto

Já são conhecidos os melhores bloggers de viagens em Portugal segundo a decisão do público e do júri dos Open World Awards, cuja gala decorreu esta quarta-feira à noite em Lisboa. Foram premiados viajantes em três categorias específicas - blogue, fotografia e vídeo - e numa mais global, a Open World, cujo prémio vai para “o blogue que mais inspira os portugueses sobre a importância de viajar": neste último, a vitória foi para o Gang do Pé Preto, assinado pela fotógrafa Isabel Saldanha, que “se faz acompanhar neste projecto pelas suas duas filhas e uma amiga”. O segundo lugar foi atribuído a Mário Roldão com De Pés a Lés.

Os outros vencedores desta 3.ª edição dos prémios organizados pela Momondo, plataforma internacional de pesquisa de voos e de hotéis, a que se candidataram mais de 500 projectos, segundo informação da empresa, foram Filipe Morato Gomes, que no passado já tinha recebido o prémio Open World e no ano anterior o de melhor blogue, com Alma de Viajante (melhor blogue, com Michelle Cascais Rita e Life With Alice a ficar em 2.º lugar); João Rodrigues Amorim com @followthesuntravel (fotografia, com o 2.º lugar a ir para Viajar entre Viagens de Carla Mota); e Olívia Ortiz com o seu vlog (vídeo, com Carla Mota a conquistar outro 2.º lugar desta feita com o seu vlog). 

Os prémios, explicam, destinam-se a divulgar os “melhores bloggers de viagens nacionais que todos os dias investem o seu talento nas áreas da escrita, da fotografia e da videografia para inspirarem outras pessoas a viajar”. Para os vencedores, há viagem até Copenhaga (a cidade sede da empresa), onde terão a oportunidade de participar num workshop de marketing digital; já em Lisboa terão uma masterclass com o fotógrafo Joel Santos. A vencedora do prémio Open World recebe ainda mil euros para viagens. Para todos os que ficaram em 2.º lugar há material Canon no valor de mil euros para cada um. 

Os vencedores são decididos por um sistema que interliga as votações abertas online a toda a gente e o voto do júri: os dez participantes mais votados pelo público e até dois participantes nomeados pela Momondo em cada categoria são avaliados pelo júri, que decide os vencedores; o segundo classificado de cada categoria é o participante mais votado pelo público. Se o júri e o público escolherem o mesmo vencedor, o segundo mais votado pelo público ganha o segundo prémio, resume a Momondo.

Os jurados desta edição, marcada também pela decisão da organização de impedir categoricamente o uso de “votos fraudulentos” no concurso, tendo sido alguns bloggers desclassificados, foram Luís Octávio Costa, jornalista da Fugas (categoria: blogue), Tiago Costa, fundador da Nomad (categoria: vídeo), Daniel Rodrigues, fotógrafo profissional (categoria: fotografia), e Margarida Gameiro, porta-voz da Momondo em Portugal (categoria: open world).

Na gala dos troféus, realizada no Ministerium Club do Terreiro do Paço, houve ainda espaço para um “reconhecimento especial” de parceiros portugueses da Momondo no programa embaixadores do Open World Travelers – Ambassadors Program e que se destacaram este ano: o blogue Mariscando de Mariana Vetrone, Lago Was There de Manuel Lago e o blogue Quilómetro Zero de Ivan Simão.