Cristiano Ronaldo combate o crime em série de banda desenhada

Striker Force 7 foi lançada nesta segunda-feira em todo o mundo, incluindo Portugal.

Foto

Para além do futebol, Cristiano Ronaldo também se vai dedicar ao combate ao crime — pelo menos, é isso que vai acontecer na banda desenhada da qual é protagonista, Striker Force 7, lançada nesta segunda-feira em todo o mundo, incluindo Portugal. Serão ainda lançados mais dois livros, todos editados pela Oficina dos Livros. 

Nos livros de banda desenhada, Cristiano Ronaldo será a nova aquisição de uma agência mundial de combate ao crime. As suas “capacidades físicas, agilidade, poder de remate e, sobretudo, de trabalho em equipa” serão o trunfo deste herói de banda desenhada que se vai servir da bola de futebol para combater supervilões. 

"Sempre fui adepto dos super-heróis e estou entusiasmado com a possibilidade de ajudar a criar esta nova série”, afirmou Ronaldo, em comunicado em Maio, quando o projecto foi anunciado. Na mesma altura foi divulgado um trailer animado com as personagens da banda desenhada.

Também em Maio, Cristiano Ronaldo comparou o facto de o futebol unir culturas e pessoas de todo mundo com as personagens animadas e os heróis, que “fazem a mesma coisa”. Por isso, “quer unir essas paixões” através desta ideia.

O co-autor e produtor da série, Sharad Devarajan, explicou que a “estrela” da Juventus é um super-herói para toda uma geração na vida real e que Striker Force 7 vai oferecer um grupo de personagens provenientes de todo o mundo, numa aposta pela diversidade.

"O nome do Cristiano é sinónimo de profissionalismo, dedicação êxito”, disse o responsável de operações da VMS Communications, Diego Guarderas, justificando que é essa a razão pela qual o português “inspira pessoas de todo o mundo”.