Transparência

Futura Entidade para a Transparência pode ir para Coimbra

A nova estrutura que vai ser responsável pela fiscalização das declarações de património e interesses dos políticos e altos cargos públicos ainda deve demorar cerca de um ano a entrar em funcionamento.