Entrevista

João Nicolau e a elegia do artesão

Aí está o desafio a que João Nicolau se propôs: fazer um filme “analógico, artesanal” chamado Technoboss. Explicado na primeira pessoa.

Foto
nuno ferreira santos

“Fazer um filme sobre um tipo, sexagenário e solitário, que sofre de juventude e não sofre com a solidão (...) Fazer um filme em que o protagonista cante muitas vezes sem fazer um musical (...) Fazer um filme em que o protagonista passa a vida a andar de carro sem fazer um road movie (...) Fazer um filme analógico, artesanal no limite do suportável, e chamar-lhe Technoboss (...) Fazer um filme que é um tour de force do actor principal e entregar esse papel a alguém que nunca entrou num filme.”